brasil-atinge-a-marca-de-1gw

Brasil atinge a marca de 1 GW de geração distribuída

Brasil atinge a marca de 1 GW de geração distribuída sendo esse um grande avanço para o país que cada vez mais adere a utilização de energias renováveis.

A geração distribuída é um modelo inovador na utilização desse tipo de energia, onde o usuário final é também quem produz eletricidade.

Essa opção surgiu como uma forma de ajudar empresas que não atingem a geração necessária para fazer parte do mercado livre de energia.

Na geração de energia distribuída, o processo ocorre próximo ao local de consumo, processo esse regulamentado pela ANEEL em 2012.

Segundo o diretor geral da ANEEL essa é uma marca histórica, resultado do trabalho da ANEEL para viabilizar o empoderamento do consumidor de energia elétrica.

A geração distribuída equivale, no setor elétrico à revolução do smartphone nas telecomunicações”, disse o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone.

A energia solar fotovoltaica é a fonte mais utilizada para micro e minigeração de energia distribuída no Brasil, e está em constante crescimento atualmente.

Contando com cerca de 82,6 mil usinas e aproximadamente 800 MW de potência instalada, o país se mostra cada vez mais interessado em investir em energias renováveis.

Isso se deve pelos grandes benefícios que a geração de energia solar vem trazendo para o país, gerando empregos, fomentando o mercado e diminuindo a emissão de gases poluentes.

Esse grande avanço vem sendo reconhecido por todas essas marcas histórias em que a energia solar está envolvida, tanto no crescimento rápido do mercado em todo o mundo quanto por seus benefícios comprovados.

A América Latina Solar é um portal de conhecimento e serviços em energia solar.

Seja um parceiro da América Latina Solar, oferecemos um atendimento personalizado, garantimos equipamentos de alta qualidade e tecnologia com os melhores preços. Solicite seu orçamento.

Para mais informações entre em contato conosco pelo site www.americalatinasolar.com.br ou ligue 41 3042 3119.

Post Relacionado

0 Comentários